Rinaldi Gaúcho de Velocross encerrou a temporada em Santa Cruz do Sul

VELOCROSS
21/12/11




O campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross chegou ao seu final neste último domingo na cidade de Santa Cruz do Sul, a etapa foi marcada por um misto de sentimentos, com certeza, todos eles com dois pontos em comum, o sentimento do dever cumprido e da realização pessoal na conquista do seu principal objetivo, o título de Campeão Gaúcho de Velocross 2011.



A etapa final prometia muitos pegas, nem mesmo a definição do campeão de algumas categorias com uma etapa de antecedência mudou esse panorama, isto porque, os campeões queriam a vitória para fechar o campeonato com chave de ouro, outros queriam a vitória para “carimbar” o título do adversário, sendo assim, as disputas foram sensacionais em todas as categorias.



Confira como foi à última etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross:



Toninho Viana fez sua estréia no lugar mais alto do pódio na VX4 Importadas



A categoria VX4 Importadas alinhou no gate juntamente com a VX4 Nacional, os campeões e vice das duas categorias já estavam definidos com uma etapa de antecedência, mesmo assim, os pilotos aceleraram forte na categoria VX4 Importada, a disputa ficou entre o campeão Sílvio Souza (S. Vitória do Palmar) e o vice-campeão Toninho Viana (Jaguarão), os dois fizeram uma super disputa pela vitória, Sílvio Souza saiu na frente, sempre tendo a companhia de Toninho, os dois alternaram a liderança durante quase toda a prova, nas três últimas voltas Toninho assumiu a liderança e não largou mais faturando a primeira vitória no campeonato, Roberto Fernandes (S. do Livramento) foi o terceiro colocado, Ricardo Gonçalves (Jaguarão) foi o quarto colocado e Cláudia Gonçalves (Jaguarão) foi a quinta colocada. Na categoria VX4 Nacional o campeão antecipado Moisés Folha (Cristal) largou mal, mas em poucas voltas já estava na segunda colocação, a vitória ficou com Everton Marchezan (São Borja) que fez sua estréia no campeonato e venceu de ponta a ponta, Gilvan Nizzoli (Morro Redondo) foi o terceiro colocado, Marco Aurélio Farias (Lajeado) que ficou com o vice campeonato foi o quarto colocado.
Matheus Hernandes vence e confirma o título na 50cc



A categoria 50cc alinhou no gate com o campeão praticamente definido, somente uma “tragédia” tiraria o título do piloto Matheus Hernandes (Rio Grande), a vitória de ponta a ponta coroou a estréia no campeonato e o sucesso na temporada 2011, a segunda colocação na prova foi de Gabriel Dias Lopes Costa (Dom Pedrito),  que com esse resultado foi o vice-campeão, na terceira colocação chegou Erick Bom Reis (Rio Grande).
Getúlio Pacheco comemora o título com vitória na Novatos Nacional



A temporada foi positiva para os pilotos que fizeram sua estréia no campeonato neste ano, Getúlio Pacheco (São Borja) é prova disso. Na última etapa do campeonato Getúlio fez uma prova perfeita vencendo de ponta a ponta, com esse resultado Getúlio faturou o campeonato. Everton Marchezan em segundo e Eduardo Marchezan na terceira colocação fizeram a trinca da cidade de São Borja, Marco Antônio Duarte (Santa Maria) foi o quarto colocado, que com esse resultado garantiu o vice-campeonato e, Fernando Sgari (Lajeado) foi o quinto colocado.



Vitória de Rodrigo Volcan na VX3 Importadas



Com o título de campeão assegurado com uma etapa de antecedência, Rodrigo Volcan (Pelotas) alinhou na última etapa do campeonato visando a vitória para comemorar seu ano de estréia na categoria VX3 Importadas. Na largada quem assumiu a primeira colocação foi Toninho Viana (Jaguarão) seguido por Rodrigo Volcan que assumiu a liderança na primeira curva, os dois fizeram uma grande disputa até a metade da prova, depois disso Volcan, abriu uma boa vantagem sobre Toninho, Cleomenes Gomes (Camaquã) mesmo machucado conseguiu a terceira colocação, Maiara Basso (Mato Castelhano) andou com o regulamento “embaixo do braço”, a quarta colocação garantiu  o vice campeonato, Roberto Fernandes (S. do Livramento) foi o quinto colocado.
Luiz Refatti vence a VX3 Nacional



A VX3 Nacional foi outra categoria que alinhou no gate com o seu campeão e vice-campeão definido, além disso, a presença de “novos pilotos” abriu uma nova perspectiva para o ano que vem e, para comprovar que a disputa da VX3 Nacional em 2012 será mais acirrada ainda, os “novos pilotos” mandaram na última etapa do campeonato. Assim que foi dada a largada, Marco Faria (Lajeado) vice-campeão antecipado, Everton Marchezan (São Borja) e Luiz Rafatti (Alegrete) saíram na frente, antes mesmo de completar a primeira volta Everton e Luiz já haviam ultrapassado Marco Aurélio, o campeão antecipado da categoria Moisés Folha (Cristal) largou na última colocação, não demorou muito Luiz Refatti assumiu a liderança, a grande disputa ficou pela terceira colocação entre Marco Aurélio e Marcos Onzi (Flores da Cunha), no final a vitória ficou com Luiz Refatti com Everton Marchezam em segundo, Marco Farias em terceiro, Marcos Onzi em quarto e Milton Brignol (Pelotas) na quinta colocação.



Felippe Menuzzi vence a categoria 65cc

A categoria 65cc foi um verdadeiro show para o público presente na última etapa do campeonato. Na largada Felippe Menuzii (Dom Pedrito) e o campeão antecipado (Mathias Vargas (Rivera/Uruguai) assumiram as duas primeiras posições, um pouco mais atrás Gonzalo Flores (Rivera/Uruguai) vinha no mesmo ritmo, antes de completar a primeira volta Gonzalo já era o segundo colocado, a partir daí as atenções do público  ficaram voltadas para os dois primeiros colocados, a disputa entre eles foi digna de final de campeonato, Felippe abria na parte travada da pista, Gonzalo assumia a liderança na metade da parte de alta, porém, Felippe retardava a freada e assumia a liderança na curva do arco de chegada, a situação se repetiu em todas as voltas seguintes, na última volta o piloto de Dom Pedrito conseguiu abrir uma pequena vantagem para assegurar a vitória, Gonzalo foi o segundo, Pedro Marchezan (São Borja) foi o terceiro colocado, Gabriel Dias Lopes Costa (Dom Pedrito) foi o quarto e Júnior Leandro Pick (Vera Cruz) fechou o pódio na quinta colocação, com esse resultado Pick ficou com o vice-campeonato da categoria.



Vinícius Perazzo vence a Intermediária

A categoria intermediária chegou a última etapa com três pilotos na briga pelo título Alexandre Mendes (S. do Livramento) Fabrício Rosso (Pelotas) e Vinícius Perazzo (Rio Grande), dos três apenas  Alexandre Mendes tinha a missão mais fácil, podendo terminar a prova na quarta colocação para ser o campeão. Na largada Eloy Cavalheiro Júnior “Juninho” (Santa Maria) saiu na frente seguido por Alexandre Mendes e Vinícius Perazzo , os três andaram muito forte, Juninho aguentou o ritmo até a metade da prova quando Mendes conseguiu fazer a ultrapassagem, Vini Perazzo pegou carona no embalo do novo líder da prova e assumiu a segunda colocação, Fabrício Ferrari (Espumoso) que havia ficado para trás por causa de uma queda veio em ritmo forte e assumiu a terceira colocação, antes mesmo da placa de duas voltas Mendes resolveu administrar e não correr risco, com isso diminuiu bastante o ritmo deixando Vini Perazzo assumir a liderança da prova e cair para a quarta colocação, no final vitória para Vini Perazzo que conquistou o vice-campeonato, Fabrício Ferrari foi o segundo, Juninho foi o terceiro colocado, Alexandre Mendes foi o quarto colocado, resultado que garantiu a conquista do título de Campeão Gaúcho de 2011 da categoria Intermediária, Cleomenes Gomes (Camaquã) fechou o pódio na quinta colocação.



Vitória de Getúlio Pacheco na 230cc

A mais esperada categoria da tarde, foi sem sombras de dúvida, a categoria 230cc, não só porque o piloto da casa era um dos candidatos ao título, mas também pelo o que os dois pilotos que disputavam o título na última etapa do campeonato, fizeram desde a etapa de abertura que aconteceu em Santa Maria. Na largada Getúlio Pacheco (São Borja) assumiu a liderança com Sérgio Marques Moraes “Sérginho” (Santa Cruz do Sul) em segundo e Cássio Rossi (Santa Maria) em terceiro, os dois primeiros colocados imprimiram um ritmo de prova muito forte, principalmente o líder Getúlio, em certo ponto da prova, parecia que Cássio não iria diminuir a vantagem que Sérginho abriu, mas aos poucos a vantagem foi caindo e, antes da placa de duas voltas a vantagem caiu para dois segundos, Cássio foi para cima com tudo, mas uma queda na saída da curva que passava na frente do público fez a torcida de Sérginho explodir de alegria, agora era só comemorar, no final vitória de Getúlio Pacheco, Sérginho Moraes foi o segundo, Cássio Rossi o terceiro,  Everton e Eduardo Marchezan (São Borja) foram o quarto e quinto colocado respectivamente. Com esse resultado Sérginho Moraes conquistou o campeonato de 2011 na categoria e Cássio Rossi foi o vice-campeão, com certeza, estes dois pilotos foram alguns dos grandes personagens desta edição do campeonato, fazendo deste, o melhor e mais disputado campeonato da categoria.



Fernando Dieter retorna com vitória na 4 Tempos Livre

Fernando Henrique Dieter (Lajeado) ficou afastado durante todo o ano no Gaúcho de Velocross, ou melhor, durante quase todo o ano, isso porque nesta última etapa ele voltou a disputar uma etapa da principal competição da modalidade no Estado. A volta não poderia ter sido melhor, afinal de contas, uma vitória logo assim de cara não é para qualquer um, mas para que isso acontecesse ele teve que superar o campeão antecipado da categoria, melhor dizendo, o bi-campeão da categoria Felipe Deloss (Lajeado), os dois fizeram uma bela disputa na prova, que teve ainda Diovane Anselmi (Morro Redondo) liderando a prova na primeira volta, com problemas na moto Deloss não conseguiu completar a prova, no final vitória de Fernando, Anselmi foi o segundo, com esse resultado Anselmi confirmou o vice-campeonato da categoria, Cássio Rossi (Santa Maria) foi o terceiro colocado, Marcos Onzi (Flores da Cunha) foi o quarto colocado e Vladisson Nunes Ribeiro (S. Cruz do Sul) fechou o pódio na quinta colocação.



Vitória de Leônidas Moraes na 85cc

A categoria 85cc alinhou no gate com o seu campeão praticamente definido, nenhum outro piloto poderia superar Felipe Augusto Pick (Vera Cruz), apenas o vice campeonato estava em aberto, dois pilotos estavam na briga, Leônidas Moraes (S. Cruz do Sul) e Nicole Manzke (S. Vitória do Palmar). Na largada Leônidas assumiu a liderança e não largou mais, Felipe Pick foi a sobra de Leônidas por algumas voltas, mas duas quedas e o pneu dianteiro furado deram as chances do piloto de Vera Cruz comemorar o título com uma vitória irem para o espaço, Nicole Manzke correndo com uma moto emprestada também passou trabalho.  No final vitória e o título de vice-campeão para Leônidas Moraes, Mathias Vargas (Rivera) foi o segundo colocado, Pedro Marchezan (São Borja) foi o terceiro colocado, Nicole Manzke chegou na quarta colocação e Felipe Pick fechou o pódio na quinta colocação.
Felipe Deloss é campeão invicto na Nacional Força Livre

O piloto Felippe Deloss (Lajeado) fez uma temporada perfeita, além de conquistar o bi-campeonato nas categorias 4Tempo Livre e Nacional Força Livre com duas etapas de antecipação, ele pode comemorar nesta última etapa os 100% de aproveitamento na categoria Nacional Força Livre. Para “variar” a vitória foi novamente de ponta a ponta, Fernando Dieter (Lajeado) foi o segundo colocado, Getúlio Pacheco (São Borja) fez uma ótima prova e chegou na terceira colocação, Luiz Refatti (Alegrete) chegou na quarta colocação e Diovane Anselmi (Morro Redondo) chegou na quinta colocação, com esse resultado Diovane conquistou o vice campeonato na categoria.



Juninho vence a Estreantes Importadas

A categorias Estreante Importadas também foi outra categoria que alinhou no gate com seu campeão e vice campeão definidos, mesmo assim, a última etapa teve uma grata surpresa, a vitória de Eloy Cavalheiro Júnior (Santa Maria) em primeira participação no campeonato Rinaldi Gaúcho de Velocross e, a julgar pelo que mostrou nesta etapa em pouco tempo será um dos grandes nomes do veloterra gaúcho. A vitória de Juninho na categoria Estreante Importada  foi construída nas primeiras voltas, assim que assumiu a liderança não largou mais, na segunda colocação chegou Fabrício Ferrari (Espumoso), Fabrício Rosso (Pelotas) chegou em terceiro, Fabrício conquistou o título de campeão antecipado na sétima etapa, Ezequiel Refatti chegou na quarta colocação, Ezequiel confirmou o vice-campeonato na sétima etapa, fechando o pódio Weslen Gomes (Camaquã).

Lucas e Matheus Basso fazem dobradinha na VX2 e VX1

O título já estava garantido com quase duas etapas de antecedência, mas nem por isso Matheus e Lucas Basso fizeram corpo mole ou deram chance para algum adversário ‘carimbar’ os títulos de campeão e vice do Rinaldi Gaúcho de Velocross. Os pilotos da cidade de Gentil encararam a última etapa com a mesma seriedade que tiveram nas etapas anteriores. Na categoria VX2 Lucas largou na frente, mas uma queda na curva do pit stop o deixou em último, Matheus assumiu a liderança e manteve até o final, Lucas recuperou as posições e, mesmo com dores no ombro conquistou o segundo lugar, Eloy Cavalheiro Júnior (Santa Maria) foi o terceiro colocado, Vinícius Perazzo (Rio Grande) o quarto colocado, Silvio Souza (S. Vitória do Palmar) fechou o pódio na quinta colocação.
Na categoria VX1 Lucas e Matheus lideraram desde o começo e não tiveram trabalho para fazer novamente a dobradinha, não antes de levar um susto com a queda de Matheus na última curva, desta vez a vitória ficou com Lucas com Matheus Basso em segundo, Rodrigo Volcan (Pelotas) foi o terceiro, Sílvio Souza (S. Vitória do Palmar) chegou na quarta colocação, fechando o pódio na quinta colocação Eloy Cavalheiro Júnior (Santa Maria).
Confira o resultado da última etapa do Rinaldi Gaúcho de Velocross

VX1

1º - LUCAS FÁVERO BASSO (Campeão) – Gentil
2º - MATEUS FÁVERO BASSO “Tatu” (Vice-campeão) - Gentil
3º - RODRIGO ( VOLCAN) TAJES -  Pelotas
4º - SILVIO HENRIQUE DE SOUZA -  S. Vitória do Palmar
5º - ELOI CAVALHEIRO JUNIOR (JUNINHO) – Santa Maria

VX2

1º - MATEUS FÁVERO BASSO “Tatu” (Vice-campeão) - Gentil
2º - LUCAS FÁVERO BASSO (Campeão) - Gentil
3º - ELOI CAVALHEIRO JUNIOR (JUNINHO) – Santa Maria
4º - VINICIUS DE SA PERAZZO – Rio Grande
5º - SILVIO HENRIQUE DE SOUZA – Santa Vitória do Palmar
Intermediária
1º - VINICIUS DE SA PERAZZO (Vice-campeão) – Rio Grande
2º - FABRICIO FERRARI - Espumoso
3º - ELOI CAVALHEIRO JUNIOR (JUNINHO) – Santa Maria
4º - ALEXANDRE MENDES SILVA (Campeão) – S. do Livramento
5º - CLEOMENES JOSE BOEIRA GOMES - Camaquã
6º - JOÃO ROBERTO BERTAGNOLLI HORMERCHER – Santa Maria
7º - FABRICIO TESSMER ROSSO - Pelotas
8º - WESLEN GOMES - Camaquã
9º - MAIARA BASSO – Mato Castelhano
10º - SILVIO HENRIQUE DE SOUZA – S. Vitória do Palmar
11º - ANTONIO MARCOS F. VIANA - Jaguarão

ESTREANTES IMPORTADAS

1º - ELOI CAVALHEIRO JUNIOR (JUNINHO) – Santa Maria
2º - FABRICIO FERRARI – Rio Grande
3º - FABRICIO TESSMER ROSSO – (Campeão) - Pelotas
4º - EZEQUIEL REFFATTI GARLET – (Vice–campeão)–Faxinal do Soturno
5º - WESLEN GOMES – Camaquã
6º - SILVIO HENRIQUE DE SOUZA – S. Vitória do Palmar
7º - RODRIGO CUNHA DOS SANTOS - Rosário do Sul
8º - JOCEMAR MAGNI - Estrela

VX3

1º - RODRIGO VOLCAN TAJES (Campeão) - Pelotas
2º - ANTONIO MARCOS F. VIANA – Jaguarão
3º - CLEOMENES JOSE BOEIRA GOMES - Camaquã
4º - MAIARA BASSO (Vice-campeã) – Mato Castelhano
5º - FERNANDO ROBERTO FERNANDES SILVA – S. do Livramento
6º - RICARDO GONÇALVES - Jaguarão
7º - NICOLE MANZKE SOUZA – S. Vitória do Palmar

VX4

1º - ANTONIO MARCOS F. VIANA (Vice-campeão)- Jaguarão
2º - SILVIO HENRIQUE DE SOUZA (Campeão) – S. Vitória do Palmar
3º - FERNANDO ROBERTO FERNANDES SILVA – S. do Livramento
4º - RICARDO GONÇALVES - Jaguarão
5º - CLAUDIA ADRIANA MASTRANGELO GONÇALVES - Jaguarão

VX4 NACIONAL

1º - EVERTON MARCHEZAN – São Borja
2º - MOISES FOLHA (Campeão) - Cristal
3º - GILVAN NIZOLLI ANSELMI – Morro Redondo
4º - MARCO AURELIO FARIAS (Vice-campeão) - Lajeado

VX3 NACIONAL

1º - LUIZ VOLNEI SERPA REFATTI - Alegrete
2º - EVERTON MARCHEZAN – São Borja
3º - MARCO AURELIO FARIAS (Vice-campeão) - Lajeado
4º - MARCOS ONZI – Flores da Cunha
5º - NILTON CESAR GARCIA BRIGNOL (MUMU) - Pelotas
6º - MOISES FOLHA (Campeão) - Cristal85cc
1º - LEONIDAS MARQUES MORAES (Vice-campeão) – S. Cruz do Sul
2º - MATIAS NICOLAS VARGAS – Rivera/Uruguai
3º - PEDRO MARCHEZAN – São Borja
4º - NICOLE MANZKE SOUZA – S. Vitória do Palmar
5º - FELIPE AUGUSTO PICK (Campeão) – Vera Cruz65cc
1º - FELIPPE MULLER MENUZZI -  Dom Pedrito
2º - GONZALO TRINDADE FLORES – Rivera/Uruguai
3º - PEDRO MARCHEZAN – São Borja
4º - GABRIEL DIAS LOPES COSTA – Dom Pedrito
5º - JUNIOR LEANDRO PICK (Vice-campeão) – Vera Cruz
6º - MATHIAS NICOLAS VARGAS (Campeão) – Rivera/Uruguai
7º - MATHEUS GASSO HERNANDES – Rio Grande50cc
1º - MATHEUS GASSO HERNANDES (Campeão) – Rio Grande
2º - GABRIEL DIAS LOPES COSTA (Vice-campeão) - Dom Pedrito
3º - ERICK MOURA BOM REIS – Rio Grande

230cc 4T

1º - GETULIO PACHECO ACOSTA JUNIOR – São Borja
2º - SERGIO MARQUES MORAES (Campeão) – S. Cruz do Sul
3º - CASSIO ROSSI OLIVEIRA (Vice-campeão) – Santa Maria
4º - EVERTON MARCHEZAN – São Borja
5º - EDUARDO MARCHEZAN – São Borja
6º - MARCO ANTONIO DUARTE – Santa Maria
7º - DOUGLAS DE OLIVEIRA CARVALHO – Vera Cruz
8º - MOISES FOLHA - Cristal
9º - FERNANDO SGARI (TETA) - Lajeado

NOVATOS NACIONAL

1º - GETULIO PACHECO ACOSTA JUNIOR (Campeão)– São Borja
2º - EVERTON MARCHEZAN – São Borja
3º - EDUARDO MARCHEZAN – São Borja
4º - MARCO ANTONIO DUARTE (Vice-campeão)– Santa Maria
5º - FERNANDO SGARI (TETA) - Lajeado
6º - PABLO PEREIRA – S. Cruz do Sul
7º - RODRIGO SEVERO – S. Cruz do Sul

4TEMPOS LIVRE

1º - FERNANDO HENRIQUE DIETER - Lajeado
2º - DIOVANE DIAS ANSELMI (Vice-campeão) – Morro Redondo
3º - CASSIO ROSSI OLIVEIRA – Santa Maria
4º - MARCOS ONZI – Flores da Cunha
5º - VLADISON NUNES REIBEIRO – S. Cruz do Sul
6º - FELIPE MARCELO DELOSS (Campeão) - Lajeado

NACIONAL FORÇA LIVRE

1º - FELIPE MARCELO DELOSS (Campeão) - Lajeado
2º - FERNANDO HENRIQUE DIETER - Lajeado
3º - GETULIO PACHECO ACOSTA JUNIOR – São Borja
4º - LUIZ VOLNEI SERPA REFATTI - Alegrete
5º - DIOVANE DIAS ANSELMI (Vice-campeão) – Morro Redondo
6º - VLADISON NUNES REIBEIRO – S. Cruz do Sul
7º - MARCOS ONZI – Flores da Cunha

O campeonato Rinaldi Gaúcho de Motocross 2011 tem o patrocínio máster de Rinaldi, Siverst, Mobil e co-patrocínio de Impacto Motos, IMS Equipamentos e Bel Parts e apoio de DG Rampas, Farover, Octano, SSul, Artemoto Troféus e Mecânica Zapanetti




Notícias Relacionadas
TAPEJARA Recebe o Brasileiro de Velocros...
Blumenau recebe etapas do Brasileiro e C...
Inscrições abertas para a 2ª Etapa do Br...
Segunda etapa do Catarinense de Velocros...
Taió encerra a temporada 2016 do Velocro...
Irmãos Basso dominam o Rinaldi Gaúcho de...
Copa São Paulo de Velocross começa com g...
O sol brilhou forte na final da Copa Gen...
Final da Copa General Motos de Velocross...
Pista perfeita na 4ª etapa da Copa Gener...
 
Mais Lidas
Copa Contestado de Velocross, Leandro Le...
Carlos Eduardo dá show em Sete Quedas...
Primavera de Rondônia realiza maior fest...
Copa Contestado Ashima de Velocross em M...
3ª Etapa da Copa Constestado de Velocros...
Stédile conquista os títulos da VX1 e VX...
Rinaldi Gaúcho de Velocross encerrou a t...
Piên esteve em festa neste final de sema...
Paranaense de Velocross começa a todo va...
Federação de Rondônia premia campeões do...






MOTOPRESS
PHONE - 55 11 9 83816355
Desde 2001 - 2017 ® Point Comunicação