Brasileiro MX - Canelinha terá big jump com 43 metros

BRASILEIRO MX
16/05/06

Brasileiro MX - Canelinha terá big jump com 43 metros
Texto e fotos Gerson Coas - Reportagem FCM



O Motódromo Arthur Jachovicz, em Canelinha/SC será o palco para a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross que acontece neste final de semana, dias 20 e 21. Os treinos cronometrados serão feitos na tarde de sábado e, no domingo, a partir das 11h30, os pilotos aceleram em busca de pontos na competição nacional.

Até lá, os roncos que vão predominar são dos motores dos tratores e caminhões que estão trabalhando para deixar o motódromo, e sobretudo, o traçado, em ordem. O construtor Fernandão Dal Mas, responsável pelas pistas do campeonato, finalizou nesta segunda-feira, 15, um dos saltos que deve ser a principal atração do circuito. “É um big jump com 43 metros, mas não é difícil”, disse ele. O obstáculo foi montado na descida da ferradura, local que tradicionalmente é reservado para os maiores pulos da pista de Canelinha.

Para este ano vários outros pontos da pista foram alterados. “No ano passado mudamos muito pouco e agora já estava na hora de novidades”, falou Dal Mas. Além desse big jump, ele mudou, na seqüência, o step que fica na outra perna da ferradura, colocando duas opções na curva; também já foi finalizada a mudança daquela seqüência de costelas baixas que ficava na terceira reta do “vai-e-vem” (próxima a área dos boxes), substituída por três lombadas maiores; além de que a sessão de costelas da parte alta foi alterada para saltos (costelas) de encaixe.

Embora representem ser saltos grandes, o construtor ressaltou a segurança dos pilotos. Entretanto, a maior surpresa será do público. “A pista toda vai ter pulos maiores, de impressionar mesmo. Mas para isso, ainda temos algum trabalho”. A previsão é que na quarta-feira os trabalhos de remodelação da pista estejam concluídos. “A idéia é mexer só até quarta. Mas como dizem, a pista é como uma noiva, e tem vezes que fica pronta mesmo só em cima da hora”, comparou Dal Mas.

Também nessa segunda-feira alguns pilotos catarinenses mataram a curiosidade da nova pista, observando atentamente as mudanças. Para Cristopher Castro, o Pipo, olhando de longe o salto de 43 metros assusta, mas ao caminhar por ele a impressão muda. “A entrada dele é bem progressiva e a recepção é bem abaulada, suave, e acredito, não deve dar pancada”, tranqüilizou Pipo Castro.



Sugestão de legenda da foto do Chumbo:

Chumbinho ganhou em 2005. Acima ele voando no salto que agora foi alterado para o "big jump" de 43m
 




Notícias Relacionadas
MX2 Junior entrará na disputa da 3ª etap...
3ª etapa será a penúltima rodada para ca...
Campano vence em SC e é líder na MX1 no ...
Confira a programação da 2ª etapa do ...
Santa Catarina volta a receber Brasileir...
Dudu vence 1ª bateria da MX1 no Brasilei...
Confira detalhes sobre as categorias em ...
Brasileiro de Motocross anuncia patrocin...
Abertura do Brasileiro de Motocross será...
Brasileiro de Motocross PRÓ terá mudança...
 
Mais Lidas
A sétima etapa do Campeonato Brasileiro ...
Brasileiro MX - Canelinha terá big jump ...
Scott Simon da vitória a equipe Pro Tork...
João Paulino “Marronzinho” chega em quin...
Jorge Balbi Jr. vence a MX1 em Siqueira ...
Veja matéria completa da final do Brasil...
Motódromo de Carlos Barbosa vai receber ...
Americano Scott Simon é campeão brasilei...
Não existem mais invictos no Brasileiro ...
Estrangeiros dominam 5ª etapa do Brasile...






MOTOPRESS
PHONE - 55 11 9 83816355
Desde 2001 - 2017 ® Point Comunicação