Três vezes França, sai na frente como grande favorita

MX DAS NAÇÕES
26/09/16

 



A França está sem oponentes nos últimos anos no MX Nações, e pela terceira vez consecutiva ela vence a prova. Na primeira prova, com as categoria MXGP e MX2, vitória de Romain Febvre (França)m com Antonio Cairoli (Itália) em segundo, Kevin Strijbos (Bélgica) em terceiro, Cooper Webb (USA) em quarto e Jeremy Van Horebeek (Bélgica) em quinto, e neste momento a Bélgica liderava a Nações.
Na prova MXOpen e MX2. primeiro lugar para Jason Anderson (USA), seguido por Jeffrey Herlings (Holanda), Gautier Paulin (França), Arnaud Tones (Suiça), e Dean Ferris (Austrália). Alex Marin (USA) foi nono.

Na terceira prova, MXGP e Open, vitória de Herlings, seguido por Cairoli, Strijbos, Febvre e Tommy Searle (Grã Bretanha). O americano Webb marcou a décima posição, e com este resultado a França foi coroada novamente como campeã desta nova edição do MX Nações, terceira consecutiva, com 29 pontos, apenas um ponto de vantagem da segunda colocado, a Holanda, que marcou 30, sendo que os Estados Unidos ficou com o terceiro lugar, com 33 pontos. A Bélgica ficou com o quarto lugar com 36 pontos e a Itália fechou os cinco primeiros com 44. Vale destacar que a França venceu graças a ultrapassagem de Febvre na reta final da prova sobre Searle, e isso depois que o francês teve uma péssima largada, realizando uma grande prova de recuperação, caso contrário a Holanda levaria o título da prova.

Os Estados Unidos conquistaram o terceiro posto, mas para eles esta prova foi uma desastre, pois no sábado nas provas classificatórias, seus três pilotos, Jason Anderson, Cooper Webb e Alex Martin cairam. No domingo, mais quedas e mesmo com a vitória de Anderson na segunda prova, ele foi atropelado logo após a chegada não participando da prova final, apesar da imprensa internacional informar que ele estava bem.

O Brasil, representado por Jean Ramos, Fábio Santos e Ramyller Alves, teve que participar da prova de última chance, onde somente uma equipe conquista a vaga para as finais, mas não conseguiu o resultado necessário, com Jean em sétimo, Fabinho em décimo e Ramyller na vigésima posições, e ficou de fora de mais uma edição do Nações.Resultado Final1.França – 292.Holanda – 303.Estados Unidos – 334.Belgica – 365.Itália – 446.Suiça – 447.Grã Bretanha – 738.Austrália – 769.Estónia – 9310.Canadá – 95Vídeos Completos | Race1

2016 Monster Energy MXoN | Race 1 (MXGP & MX2) por gitanas-vaidilaRace 2 – MX2 e Open:

2016 Monster Energy MXoN | Race 2 (MX2 & Open) por gitanas-vaidilaRace 3 – Open e MXGP

2016 Monster Energy MXoN | Race 3 (Open & MXGP) por gitanas-vaidila





Notícias Relacionadas
Eduardo Lima, Fabio Santos e Ramyller, s...
Grã-Bretanha, Atterley BACIA será a sede...
Jean Ramos e Fabio Santos falam de seus ...
Três vezes França, sai na frente como gr...
Contagem regressiva faz pilotos intensif...
Motocross das Nações 2016: time brasilei...
MXoN: Correndo em casa, França defende o...
MXoN: O que esperar do Motocross das Naç...
MXoN: Team Brasil se instala e faz prime...
França vence o Nações 2014...
 
Mais Lidas
Equipe americana apresenta uniforme que ...
História do Brasil no Motocross das Naçõ...
Monster Energy Motocross of Nations 2011...
Equipe brasileira do MX das Nações tem p...
Balbi põe Brasil de novo na final do Mot...
Equipe brasileira evolui no segundo dia ...
Dungey desequilibra e EUA é campeão mais...
Pilotos de Team Brasil disputam o campeo...
Sexta-feira agitada no Motocross das Naç...
Estados Unidos vence e mantém a hegemoni...






MOTOPRESS
PHONE - 55 11 9 83816355
Desde 2001 - 2017 ® Point Comunicação